Quinta-feira, Outubro 6Bem-vindo

Estado > Bancos

No Banco de Portugal algo se move por corrupção entre a dinastia ou ditadura Costa, Santos, Silva.<br> <small class="subtitle">Omite fundamentação e cria sistema de escravatura colocando o cidadão a fazer reclamações para sempre.</small>
Estado > Bancos

No Banco de Portugal algo se move por corrupção entre a dinastia ou ditadura Costa, Santos, Silva.
Omite fundamentação e cria sistema de escravatura colocando o cidadão a fazer reclamações para sempre.

Veja como o Banco de Portugal persegue a população devido à sua falsa constituição, falsa bandeira, falso parlamento, falso presidente e governo falso. Numa reclamação legitima simplesmente a ditadura Costa, Santos, Silva responde sem fundamentação legal, violando os artigos 3.º a 13.º, 60.º, 151.º, 152.º e 153.º, todos so Código de Processo Administrativo (DL 4/2015, de 7 de Janeiro.). Ou seja, o BP dá-se ao luxo de, perante uma reclamação com factos justificáveis, simplesmente dizer "o Banco de Portugal não encontrou indícios de infracção por parte da entidade reclamada". Ora, ao omitir a fundamentação exigida pela lei que devia explicar como é que legalmente a reclamação é infundada ou os factos praticados contra o cidadão pelo OneyBank são legais é porque há má-fé. Portanto s...