Quinta-feira, Outubro 6Bem-vindo

“CONSCIENTEMENTE”

Conscientemente, sem engano ou erro, sem anomalia psíquica, de forma lógica, sem negligência ou sem surpresa, por opção em nexo com a sua ideologia ou educação. Significa saber ou ter conhecimento de que através da sua conduta está de alguma forma a dar inicio, a promover, a executar, a auxiliar, a comparticipar, a aproveitar ou a ser vítima de um facto ilícito e com culpa, querendo que o resultado previsto aconteça ou nada fazendo para que não aconteça.

Na prática de um crime de forma consciente o agente não tem justificação para o que faz, e portanto o seus actos não se incluem nas causas de exclusão da ilicitude e da culpa, nem são derivados de anomalia psíquica e nem há negligência.

Partilhe a informação: POVO INFORMADO JAMAIS SERÁ ESCRAVIZADO.

Deixe uma resposta