Sexta-feira, Janeiro 27Bem-vindo

Comunismo

Comunismo, é a única organização política internacional de mercenários terroristas sob a capa de partido político, cujos mandantes socialistas, na sombra, e cujos mandados são adultos de crianças raptadas e educadas em seita escondida sob a capa de fé-pública (em instituições insuspeitas, que são capturadas aos seus fundadores através de simulação de doença, rixa, acidente, etc.), e pode ser uma associação, empresa ou entidade reliogiosa). Simula atentados e induz a culpa a terceiros, a religiões, entidades, associações, empresas e politicos porque é uma entidade com a doença do esquerdimo (vê tudo ao contrário e o que devia interpretar como bem interpreta como mal porque para o selvagem o bem é dificil de realizar). Estão sempre preocupados em lutar pelos bens dos outros e não a esforçar-se pelos seus.

São capazes de tudo e do que é inimaginável, daí que julguem os outros por doença mental, porque na realidade o que fazem parede impossível e uma invenção, dada a sua configuração doentia.

Controlam os tribunais como rectaguarda das suas acções, e nomeiam advogados e magistrados de uma hora para outra. Investem mais em atentados e na corrupção dos tribunais, na comunicação-social e no desporto do que nas populações, através de despesa falsa das Câmaras Municipais e para branqueamento do tráfico de droga que administram em todo o Mundo, como política de exterminio das novas gerações pois só assim conseguem travar a hereditariedade dos bens e assim começar construir uma nova sociedade.

Têm de estar sempre em iniciativa para tomar a dianteira e a influência, não houvem as pessoas, eles é que sabem o que as pessoas precisam. Põem a culpa a terceiros para desviar as atenções.

A separação da sociedade é o meio ideal para exterminar uma comunidade, porque bastam meras acões para ientificar inimigos.

Cria chavões para substituir fundamentos e apresenta-se na forma de manifesto, ou seja, uma ideologia, daí que tudo o que pretende ou que quer explicar começa no meio, ou seja, não tem autoria propriamente dita e para eles a autoria é a reação. Exemplos: ” Por decisão transitada em julgado em…..” (qual decisão e seus termos?). Outro exemplo…

“A história de todas as sociedades até agora tem sido a história das lutas de classe”.

Ora onde é que está esse principio ou prova científica, como é que se chega até aqui?

Onde está o estudo científico e não uma ideia?

É apenas uma verdade ideológica, meia-verdade e não uma verdade completa ou justa.

O Partido Comunista cumpre as ordens dos nazis, nomeadamente os atentados por actos simulados de modo a apanhar o poder de qualquer país. Depois de instalado o socialismo este instala o Comunismo.

Esta verdade ideológica entre dois partidos foi detectada nas alusões de Albert Einstein quando afirmou que tempo e espaço são a mesma coisa e se fundem (não são coisas separadas). Vem da mesma verdade ideológica sobre a terra ser plana ou redonda, quando se sabe que tudo é plano e que algo só é 100% plano se for redondo. Na verdade o espaço é o paradoxo do tenpo e não se fundem (Espaço é o fazio ou infinito ou o que é eterno e Temo são as existências e só por elas se forma o tempo e se tem a noção de espaço (Teoria da Invariabilidade Inversa e Relativa).

São a intuição ou prazer do mal, e interpretam tudo ao contrário. Por exemplo, se a Bíblia disser “A mulher deve subjugar-se ao marido”… Eles interpretam ao contrário, ou seja, em vez de querer ser um serviço e uma liberdade querem ser livres mas ao contrario do dever humano. Na verdade, submisso quer dizer que devemos ter um sentido e não uma arbitrariedade. A prova é que quando o abuso é sobre eles são os primeiros a queixarem-se.

É a entidade mais escondida do Mundo porque mata imediatamente qualquer testemunha ou alguém que faz queixa de algum funcionário paralelamente ao exercício de funções públicas, daí que se movimentam à vontade pelo poder político em todo o Mundo. Abre e fecha um restaurahte em 24 horas só para gasear uma pessoa ou várias, para capturar entidades, empresas e associações, onde esconde a sua organização em separação de poderes.

Os comunistas foram estudados em Portugal durante 20 anos, tendo sido criado um algoritmo para identificar todas as suas acções passadas e movimentos que identificam os actos a curto e médio prazo, quer preparados e quer os intuitivos futuros. Assim se construiu o mapa psiquiátrico colectivo através de uma investigação em várias áreas, e de onde vinha a doença de muitos cidadãos a patir de 1996, afinal são doenças induzidas.

É a doutrina política e económica que defende o “estado natural” ou selvagem, ou seja, há-de vencer o mais forte, seja individualmente ou colectivamente, daí os crimes históricos do comunismo.

O Comunismo defende pois uma sociedade igualitária no sentido de que a igualdade se alcança com o comportamento natural, daí que a sua ideia absurda é extinguir a propriedade privada relativa ao capital, de modo a que todos tenham os mesmos direitos, o que na realidade é uma contradição.

Esta ideia é real e a todos destinada e por todos aprovada, como todas as ideias e intenções que parecem boas. No entanto existe nela uma contradição escondida, porque uma sociedade igualitária é necessariamente uma sociedade livre mas apenas através da lei e não da anarquia ou estado natural (através do livre arbítrio e da força).

Porque a igualdade só se alcança com direitos e daí vem a liberdade, daí que a ideologia comunista seja uma contradição.

Porque é que a doutrina comunista é uma contradição?

Esquerda significa fazer o contrário do que é direito.

Ora como a intenção é fazer o contrário (doença do esquerdismo), não é pois ideia atingir a igualdade mas sim usar este chavão como meio de esconder que o objectivo é promover o materialismo e abolindo a religião, uma vez que o materialismo e o agnosticismo são os elementos do homem no seu estado selvagem, ou seja sem lei ou de livre arbítrio. Daí que uma coisa é a ideologia e outra cisa é depois o resultado que está à vista de todos.

Nunca o Comunismo durou mais de alguns anos em qualquer sociedade porque os resultados começam a estar à vista de todos e até a prejudicar os próprios súbditos que são usados como mártires da causa, até para cometer atentados simulados de modo a obter votos ao conseguir denegrir a imagem dos adversários políticos, daí o limite de mandatos, ou seja o limite de quatro anos serve precisamente para que seja sempre possível apanhar o poder através de atentados simulados de desastres ou contra direitos humanos durante a vigência adversária.

Aliás o sistema de partidos políticos é o melhor esconderijo para formar no Parlamento, no Estado e nos Tribunais, uma dinastia de criminosos, que instalam assim uma ditadura sob a capa de fé-pública ao se distribuírem pelos tribunais através dos sindicatos, e podendo pois ter uma mobilidade absoluta e várias entidades falsas.

O Comunismo é uma ideologia derivada da doença do esquerdismo ou do egoísmo, ou seja das pessoas que se querem sentir superiores e que não se importam de ganhar muito mais do que os outros sem questionarem de onde vem a sua fortuna. Ora… Toda a fortuna vem da escravatura, da perseguição, assalto e roubo.

Claro que os agnósticos maus são apologistas do Comunismo e sempre os haverá, daí que muitos não se importam, por exemplo, de trabalhar para as empresas de distribuição política das drogas duras, como sistema político empresarial para eliminar uma certa população e troca-la pelos seus membros espalhados em todo o Mundo (as pessoas rudes), em campos de concentração ou subvertendo certos territórios ou sociedades. A droga não é um negócio mas sim uma empresa que garante aos seus trabalhadores um salário e depois a majoração do lucro obtido e do número de jovens eliminados, e já que a intenção é eliminar as novas gerações de uma sociedade como extermínio.

Por outro lado os Comunistas têm um líder internacional colectivo escondido, e em cada país controlam o poder a partir de cargos mais baixos pois é através destes cargos que se podem esconder também os seus espiões de propriedade e da tecnologia. Um espião civil comunista introduz-se dentro das associações e empresas para identificar as afinidades ideológicas, matar os fundadores por actos simulados e roubar as actividades ou entidades colocando-as em outro local e com outro nome.

Ver um caso real »

Outra fundamentação e prova documental »

Destarte… Extinguir a riqueza pessoal e a justiça paga através de corrupção ou de poder financeiro (habitual nos países comunistas ou socialista), seja de quem for e até dos próprios capitalistas, mas não o valor económico da empresa, é que anula a desigualdade e nos dá como resultado a liberdade. E portanto não se pode anular a propriedade privada porque esta é que cria, desenvolve e distribui as coisas para garantir a igualdade a partir dos empreendedores e não a partir de quem nada sabe sobre o assunto e só por competência ideológica ou política.

Comunismo, em suma é o caminho para as desigualdades ou socialismos, pelo que o Socialismo é impor o Comunismo. A ideia comunista é baseada na doença do esquerdismo ou verdade ideológica.

Foi o Comunismo a origem do nazismo, basta analisar o mapa psiquiátrico dos acontecimentos históricos e da sua simbologia sequencial como Pranchas de Rochard (psiquiatria).

O comunismo é a pior ditadura que existe porque se baseia em chavões por troca com os fundamentos, ou seja sem verdade justa ou sem lei. Se analisarmos como começa o Manifesto Comunista, logo na primeira frase, é fácil verificar que é uma ideia não fundamentada, ou seja é um chavão.

Dizer abruptamente que “A história de todas as sociedades até o presente é a história das lutas de classes”, é lançar uma ideia do nada, ou seja sem fundamento científico. Aliás esta é a principal técnica do Comunismo ou das pessoas sem instrução ou sem capacidade de avaliação: Lançar coisas do nada, é tão só uma ideologia e não uma realidade, até porque cada pessoa ou estereótipo tem a sua verdade ideológica e sem que ambas se unam nenhuma é válida mas perigosa. Porque é de duas verdades ideológicas que vem a verdade justa, e esta não está do lado de nenhuma 100%.

Nos países comunistas é fácil encontrar muitas perseguições e assassinatos porque as pessoas se movem por verdades ideológicas, nomeadamente por corrupção. É sobretudo fácil encontrar processos-crime encomendados para usar a fé-pública dos tribunais como meio de acusar sem contraditório e por normas ideológica e chavões ou sem fundamentos.

Exemplo dos chavões comunistas para desvirtuar os factos escondidos ou que eles mesmos criaram como guerra ideológica: Racista, Fascista, Liberdade, Igualdade.

Exemplo prático dos chavões comunistas: No processo 1348/04.0TASXL um tribunal comunista começa uma decisão judicial desta forma, com intenção de ilegalmente extender o período de uma pena de prisão suspensa e já estava extinta, ressuscitando o processo para perseguir o cidadão: “Por decisão transitada em julgado em 23 de Março de 2012…”

Afinal o acórdão transitou em julgado em Março de 2010 e não de 2012.

Prova documental, aqui em baixo:

1.-Proposta-MP_revogacao-pena-prisao_15.02.2016

Ler a história completa »

Nota: Tudo o que não é relativo não existe.

Partilhe a informação: POVO INFORMADO JAMAIS SERÁ ESCRAVIZADO.