Terça-feira, Fevereiro 7Bem-vindo

Democracia-ditatorial

Democracia-ditatorial, é a ditadura eleita democraticamente ou democracia é atribuída por revolução ou guerra, ou pelo voto, mas o poder absoluto pertence ao Estado (Democracia Diatatorial) que realizou em si mesmo as leis falsas e a Constituição falsa (antes do processo eleitoral – democracia imposta por uma revolução em que a Constituição não foi votada para que o Povo escolhece a Forma da Democracia, a Forma do Governo e a Forma da Presidência da República). Neste tipo de democracia há um Estado absoluto ou terrorista de um só partido ou grupo de partidos e as leis são votadas falsamente por maioria simples como se fosse maioria absoluta, criando um regime de saber fechado ou sem contraditório, de perseguição, identificação, roubo e extermínio contra os cidadãos identificados com outros partidos, sobretudo quando o poder eleito ou na sombra é tomado por partidos de esquerda (as pessoas com deficiência psicológica, derivada de facilitismo, riquismo, drogas ou alcool, ou de doença mental natural). É um alegado sistema político que se baseia na verdade ideológica de que “é o governo do povo, pelo povo e para o povo”, dito por Abraham Lincoln (1809 – 1865), presidente dos Estados Unidos. Neste regime absoluto os tribunais são a rectaguarda do crime das máfias políticas eleitas pela abstenção (o voto não é obrigatório, apesar de se saber que um direito igual ao dever é algo obrigatório), ou seja, reclamação e a queixa é feita para a entidade que pratica o erro e o crime, muitas vezes de propósito, ou para a entidade que é a rectaguarda do crime (os tribunais).

Em Portugal basta um partido político a governar qua até ganha falsamente com maior absoluta, apesar se em democracia não existirem maiorias mas sim a igualdade de representação. A maioria parlamentar ou ditadura parlamentar é a aprovação de leis e a invenção de direitos por uma só ideologia, mesmo que todos os outros partidos estejam contra.

Na realidade certa, cada partido político representa uma parte igual do Povo e não uma parte menor ou maior, porque uma Comunidade não se representa por maiorias ou minorias, já que estas serão Na realidade certa, cada partido político representa uma parte igual do Povo e não uma parte menor ou maior, porque uma Comunidade não se representa por maiorias ou minorias mas em igualdade de circunstâncias, já que de outro modo serão sempre uma ficção. O princípio da igualdade (artigo 13º da CRP) prova isso, porque ninguém pode ser beneficiado ou prejudicado, ou seja, ninguém pode ganhar ou perder eleições ou fazer aprovar uma lei por uma questão de maioria parlamentar partidária, mas uma maioria absoluta parlamentar (70% dos deputados). E enquanto não há maioria absoluta no parlamento a lei não pode ser aprovada ou alterada porque viola o artigo 13º da CRP.  Uma comunidade não pode ser dividida por tribos de pensamento indígena em que a coisas são brancas e pretas ou analsiada apiori.

Partilhe a informação: POVO INFORMADO JAMAIS SERÁ ESCRAVIZADO.