Terça-feira, Fevereiro 7Bem-vindo

Tentativa

Tentativa, é preparar um crime, querer fazer algo ou realizar o facto mas não conseguir atingir os objectivos inicialmente previstos.

Exemplo: Tentar matar é querer a morte mas não o conseguir. Se o agente bate em alguém e sem ferimentos avultados e a vítima não morre isso não é tentar matar. Tentar matar seria desferir golpes avultados que pudessem causar a morte mas ela não acontecer.

Na tentativa nunca há dolo eventual, no sentido de que o agente previa o resultado e se conformou com ele, porque só a intenção está para a tentativa já que a conformação o agente não participa na acção, apenas a conhece e nada faz em sentido contrário, daí que se prova que tem algum interesse, ou seja comparticipação.

Aliás o dolo eventual nem sequer existe na lei penal porque é inexequível na prática.

Partilhe a informação: POVO INFORMADO JAMAIS SERÁ ESCRAVIZADO.