Quinta-feira, Outubro 6Bem-vindo

PEUGEOT ROUBA PATENTES



A AUTORIA DE INVENTOS PORTUGUESES É ROUBADA LIVREMENTE E A TEIA TERRORISTA MANDA MATAR OS INVENTORES PARA FICAR COM OS SEUS BENS

É ESTA A DEMOCRACIA DO CARTEL TERRORISTA AFRICANO DOS COSTAS, SANTOS, SILVAS, SOARES, LOPES E ALMEIDAS.

Brevemente, por favor aguarde. Última actualização em 28/01/2022, pelas 10.20 Horas.

Aguardamos as fotos e desenhos originais da invenção.

O cartel Costa, Santos, Silva, Soares, Sousas, Lopes e Almeidas rouba todos os direios de autor e as patentes aos inventores e autores portugueses e colocam tudo em nome das famílias deles. Eles são os autores de tudo e os herois. Antes disso tentam sempre matar os autores genuinos através de factos simulados, cuja actividade é financiada pela despesa pública das Câmaras Municipais.

Toda a criminalidade do Estado Português acontece porque em Portugal não há tribunais e nem sistema de denúncia, é tudo uma falsidade entre o Parlamento, a Presidência e os Governos. Isso é provado porque não existe uma única entidade central que administre ou que receba uma queixa sequer.

Em Portugal a queixa é feita para as entidades onde está distribuída a familia dos que cometem o crime, sejam os institutos es ejam os tribunais e as policias. E basta alguem pretender fazer uma queixa e é imediatamente assassinada pelo regime comunista.

A PATENTE ROUBADA PELA PEUGEOT

Em 1992 foi apresentada em Nuremberga, no IENA 92, um sistema automático de limpa-pára-brisas, que obteve medalha de prata.

iENA

Internationale Fachmesse Ideen Erfindungen Neuheiten

A invenção consistia num “detector de quantidade de chuva” fabricado em fita metálica e com o desenho de um pirâmide curta e larga, através de um espaço divergente entre 3 detectores ou linhas de fita metálica. De modo que o espaço mais curto detectava a chuva pequena, o espaço médio detectava a chuva média e o espaço maior detectava a chuva intensa. As fitas metálicda eram ligadas a um pequeno sistema electrónico, por sua vez ligado à manivela que acciona o motor das escovas. Não era preciso usar o manípulo, só em caso de avaria, porque bastava ligar o carro para o dispositivo ficar ligado e depois accionado se chovesse.

Quando não caia chuva suficiente que preenchesse o espaço médio, o sistema acionava automáticamente o limpa-pára-brisas mais lento, quando não caia chuva suficiente que preenchesse o espaço maior accionava a limpeza média, e quando caia chuva suficiente que preenchesse o espaço maior accionava a velocidade máxima.

O dispositivo detector era montado na parte superior e ao centro do limpa-para-brisas, tal como o modelo da Peugeot, e a forma do desenho de ambos os dispositivos é também igual.

Em 1995 a marca Peugeot lança esse sistema nos seus veículos, sem qualquer autorização e sem qualquer contrato com o inventor Português que detinha os direitos de autor e que estava a pagar a patente. Isto prova que a invenção foi comercializada ilegalmente em Portugal porque era preciso ter a patente registada e quem a tinha era um inventor português, cujo nome aqui não se mostra a seu especial pedido.

O QUE É UM DIREITO DE AUTOR OU DE PATENTE, É APENAS A IDEIA?

A máfia costuma iinfluenciar a população e especiualmente os inventores dizendo “as ideias não se registam”.

Ora, aquela frase é uma verdade ideológica astuciosa. Na verdade se a ideia tiver uma forma e uma aplicação num determinado mlocal ou posição e demonstradas em desenho e/ou a funcionar macanicamente, isso já são direitos de autor, uma vez que estes direitos são antes do registo da patente, ou seja, primeiro regista-se a ideia, a forma e a aplicação, só depois na altura do fabrico é que se regista a patente para se poder comercializar e já depois de haver contrato de royalties com o inventor ou a sua integração na fábrica.

Mas em Portugal a Lei é falsa e por isso faz-se tudo ao contrário para usar os inventores e criativos como escravos dos Democratas. A Democracia é o estado fantoche, em que quam manda nos cargos eleitos é uma entidade sombra ou prévia já instalada que altera ou falsifica todos os dados, factos e documentos antes de chegar ao conhecimento dos cargos eleitos e dos magistrados.

Partilhe a informação: POVO INFORMADO JAMAIS SERÁ ESCRAVIZADO.

Deixe uma resposta